JORNAL TERESINA NEWS: Abril 2016

Anuncio

sábado, 30 de abril de 2016



Em universidade nos EUA, alunas que denunciam estupros acabam punidas por código de honra. Por: Geovane Ramos Teresina-Pi


Brooke diz ter sido punida pelo Código de Honra após informar a Brigham Young University ter sido estuprada por um colega, em Provo, Utah (EUA).


Antes que pudesse se mudar para um dormitório na Brigham Young University ou se inscrever nos cursos do primeiro ano, Brooke teve de assinar o Código de Honra da faculdade, no Estado de Utah (oeste dos EUA).
Uma espécie de bússola moral e também um contrato, o código é um elemento essencial na vida de quase 30 mil estudantes dessa universidade dirigida por mórmons. Ele orienta os alunos, os professores e os funcionários para "virtudes morais incluídas no evangelho de Jesus Cristo", valorizando a castidade, a honestidade e a virtude.
Ele exige trajes discretos no campus, desestimula o sexo consentido fora do casamento e, entre outras coisas, proíbe o consumo de bebidas e drogas, intimidades homossexuais e indecências, assim como má conduta sexual.
Mas depois que Brooke, 20, relatou à universidade que um colega a havia estuprado no apartamento dele, em fevereiro de 2014, ela disse que o Código de Honra se tornou um instrumento para puni-la. Ela contou à universidade que havia tomado LSD naquela noite, e também que tivera um encontro sexual anterior com o mesmo aluno que supostamente a coagiu.
Quatro meses depois de denunciar o ataque, ela recebeu uma carta do reitor associado de estudantes.
"Você está sendo suspensa da Universidade Brigham Young por ter violado o Código de Honra, incluindo o uso continuado de drogas ilegais e sexo consensual, com efeito imediato", dizia a carta.
Nas últimas semanas, Brooke e algumas outras alunas se manifestaram, primeiro em uma conferência de conscientização sobre o estupro e depois no jornal "The Salt Lake Tribune", para dizer que depois que fizeram queixas de abuso sexual elas enfrentaram investigações pelo Código de Honra sobre se haviam consumido álcool ou drogas, ou feito sexo consentido.
"Eles me trataram de uma maneira anticristã, como se eu fosse uma pecadora", disse Brooke, que concordou em ser identificada só pelo prenome. "Não havia perdão ou compaixão."
Seus relatos causaram um debate nacional sobre o tratamento desigual dado às mulheres que relatam abuso sexual neste campus de orientação religiosa, que recebe estudantes mórmons do mundo inteiro. Aqui as saias devem cobrir os joelhos e as barbas são proibidas.
As queixas das mulheres chamaram a atenção para como a universidade lida com esses casos, enquanto também tenta respeitar o código moral que ocupa o centro de sua identidade.
A política da Brigham Young sobre má conduta sexual pede que os alunos se apresentem mesmo que tenham infringido as regras universitárias. A universidade diz que investiga plenamente as denúncias de agressão sexual, mas que também tem a obrigação de processar a má conduta de acordo com o Código de Honra.
Segundo a política de má conduta sexual, as violações de seu código, que desestimula o sexo consensual, não estão isentas de escrutínio.
Fonte: Uol
DIA 30 DE ABRIL DIA DO PROFISSIONAL DE EVENTOS. E PARA FESTEJAR BANDA XODÓ DE AMOR DE FORTALEZA ,MUSICA "HALLS VERMELHO"
 AUTOR DYEGUINHO SILVA, 
CRIAÇÃO E PRODUÇÃO WALDIR JUNIOR DE SALVADOR/BA


Traficante procurado na Colômbia e nos EUA é preso no interior de SP

POR WALDIR JUNIOR DE SALVADOR/BA
FONTE: ESTADÃO
Um dos traficantes mais procurados do mundo foi preso na quinta-feira, 28, em um hotel em Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. O colombiano Eduard Giraldo Cardoza foi localizado por policiais federais e era procurado pela Colômbia e pelos Estados Unidos, onde é considerado o maior distribuidor de cocaína - a recompensa por sua captura era de US$ 5 milhões.
Cardoza será transferido para a capital paulista nesta sexta-feira, 29, de onde será extraditado. Ele foi localizado após sua mulher ser flagrada entrando no Brasil, ocasião em que a Polícia Federal foi avisada e a seguiu até o encontro no hotel
De acordo com o delegado Victor Hugo Rodrigues Alves, além do tráfico, o colombiano é líder do grupo paramilitar Los Urabeños, o mais bem estruturado da Colômbia. Também está envolvido em outros crimes, como assassinato, sequestro e ataque terrorista com bomba. 
"Agora vamos tentar descobrir quais são os contatos dele no Brasil", disse o delegado da PF.
Farc
Cardoza também tem ligações com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) e foi preso assim que se encontrou com sua mulher em Ribeirão Preto. Ele apresentou documentos falsos na abordagem, mas ao ser questionado confirmou que era mesmo o traficante procurado internacionalmente.

Pará: jovem morta em motel conheceu suspeito horas antes do crime
POR WALDIR JUNIOR DE SALVADOR/BA
FONTE: JORNAL EXTRA RJ.

A cuidadora de idosos Camila Sarmento Pereira, 24 anos, encontrada morta na segunda-feira em um motel de Belém do Pará, conheceu o suspeito pelo crime horas antes de ser assassinada. A irmã da vítima, Ana Carolina, 21 anos, contou que Camila foi a uma festa em um bar, onde bebeu, e depois que as duas amigas que estavam com ela foram embora saiu de lá com um rapaz. As informações são do Extra.
Camila foi morta por asfixia (Foto: Reprodução/Facebook)
Camila havia deixado um plantão no dia anterior e usou a segunda de folga para sair e se divertir com as amigas, sem dormir. "Ela saiu com as duas amigas para essa festa. Ela estava cansada. As bebidas (alcoólicas) devem ter tido efeito rápido. Segundo essas amigas, Camila conheceu esse rapaz por lá. Depois que as meninas foram embora, como ela já tinha conhecido esse homem, ela saiu com ele para o motel", contou a estudante. 
Camila foi achada nua, sem vida, em uma cama do estabelecimento Pousada dos Ventos. Funcionários foram até lá depois que o rapaz que acompanhava Camila foi visto saindo correndo e pulando o muro. Camila foi morta por "asfixia mecânica". No dia seguinte, a jovem foi identificada por parentes.

Segundo Ana Carolina, a mãe das duas viu uma reportagem sobre uma jovem morta e achou que poderia ser a filha. Desde o dia anterior, os parentes não conseguiam falar com Camila e estavam estranhando. "Estranhei porque ela não tinha o hábito de ficar fora de casa muito tempo sem dar notícia. Então, fui no IML (Instituto Médico Legal) e identifiquei o corpo. Minha mãe está muito abalada. Todos estamos".
Joelma recebe R$ 300 mil para mudar visual; veja a diferença
POR WALDIR JUNIOR DE SALVADOR/BA
FONTE: UOL NOTICIAS

A cantora Joelma recebeu R$ 300 mil para mudar de visual. O cabelo que antes era amarelado, ficou platinado graças a uma ação de marketing de uma empresa de tinturas. Todo o processo de mudança da cantora foi mostrado pela marca nas redes sociais. 
Joelma antes e depois da mudança de visual (Foto: Reprodução/Instagram)
O figurino da cantora também passou por mudanças. Ela é uma das convidadas para o programa 'A Hora do Faro', da TV record e deve aparecer usando uma roupa mais elegante e discreta do que as que costuma usar. 
A mudança de visual da cantora foi uma ideia de sua consultora de imagem e estilo, Maris Tavares. "Há 20 anos ela está com a mesma imagem, estava na hora de mudar", conta a especialista ao 'Uol'. 

Ainda durante o programa de Rodrigo Faro, Joelma vai receber mensagens dos filhos para comemorar a nova fase solteira e repaginada. O novo álbum da cantora foi lançado nas lojas físicas do Brasil nesta sexta-feira (29).    
Radares meteorológicos da Aeronáutica são desligados em cinco estados
POR WALDIR JUNIOR DE SALVADOR/BA
FONTE: AGÊNCIA BRASIL

O Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (Sisceab) desligou, há duas semanas, cinco radares meteorológicos, localizados em Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e no Distrito Federal. Segundo o órgão, a medida foi tomada devido a restrições orçamentárias.
O Sisceab diz que os radares são ferramentas complementares para a captação de informações meteorológicas e não são utilizados para o controle de tráfego aéreo. “Além dos radares meteorológicos que continuam em operação, o Sisceab tem outras fontes de informação para previsões climáticas, como imagens de satélite e estações meteorológicas de superfície”, informou, em nota, o órgão, vinculado ao Comando da Aeronáutica.
Os radares nunca haviam sido desativados, exceto para manutenção de rotina. Atualmente, existem 23 radares meteorológicos no país.
Segundo a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), os radares não são essenciais para a aviação comercial, que trabalha com outras fontes de informação sobre meteorologia. Além disso, as aeronaves comerciais têm recursos de meteorologia e radares embarcados. A medida poderá ter mais impacto para aeronaves menores, que não têm os mesmos recursos tecnológicos.

Radar Meteorológico do ES

sexta-feira, 29 de abril de 2016

Após reprovar filha de Eduardo Cunha, funcionário do Detran-RJ é acusado de extorsão. Por: Geovane Ramos Teresina-Pi



Foto: Google


O examinador de trânsito Antônio Antunes Coimbra não fazia ideia de quem estava reprovando na prova de baliza do dia 5 de junho de 2008, na Ilha do Fundão. Quando a jovem de 18 anos entrou na vaga sem ligar a seta, ele marcou três pontos de punição. Em seguida, a candidata saiu da vaga com o freio de mão puxado. Menos dois pontos e a reprovação. Coimbra garante que, após comunicar o resultado à moça, procurou confortá-la, dizendo que ela teria nova oportunidade em breve.


Desde então, Coimbra ou Tunico, como é conhecido no Detran-RJ o irmão do ex-jogador Zico, nunca mais foi chamado para a banca de examinadores. Ele levou dois dias para descobrir que havia despertado a ira do deputado Eduardo Cunha, então vice-líder do PMDB na Câmara. A reprovada era Camilla Ditz da Cunha, filha do parlamentar. Em carta ao Detran, Cunha acusou Tunico de tentar extorqui-la. O poder público agiu rápido e foi implacável: submetido a uma sindicância interna, o examinador foi punido com 30 dias de suspensão, sem vencimentos, além do afastamento das provas.

Até hoje, o irmão de Zico tenta anular a punição na Justiça. Ele incluiu no processo, que tramita desde 2009 na 8ª Vara de Fazenda Pública, o conteúdo de um email enviado na época por Sérgio Cabral à Presidência do Detran, na qual o então governador fluminense elogia a família Antunes, “sinônimo de honestidade e caráter”, e critica Cunha: “Esse senhor que acusa um membro da família (de Zico) é sinônimo do que há de pior na vida pública brasileira”. Em seguida, garante aos Antunes: “No meu governo, bandido não tira onda de mocinho”. Mas Cunha conseguiu o que queria.

‘DÁ PARA ENTRAR E SAIR DUAS VEZES DA VAGA’

Tunico examinava cerca de 20 candidatos por dia. Ele explicou que, como qualquer outro inscrito na prova prática, Camilla foi avaliada por dois funcionários: Jairo Ferreira de Melo a acompanhou a candidata dentro do carro, e Tunico,do lado de fora, anotando na ficha. Ele disse que, antes de começar, foi à porta do veículo e repetiu o que dizia a todos: “Não se esqueça do que aprendeu na autoescola. No tempo máximo, dá para entrar e sair duas vezes da vaga.”

Com a reprovação, Tunico lembra que foi novamente à porta do carro para se despedir. Neste momento, garante, disse a Camilla que ninguém era infalível e que teria a outra chance. Em seguida, caminhou até a banca de exames. Jairo permaneceu no local, fechando a ficha. Dias depois, em depoimento, Jairo contou que Camilla recebeu o resultado aos prantos.

Na carta entregue ao então presidente do Detran, Sebastião Faria, seis dias depois, Eduardo Cunha apresentou outra versão. Afirmou que Camilla foi abordada antes do exame por um funcionário do posto do Detran/Fundão, que teria exigido R$ 400 para aprová-la. Ao se recusar, a jovem teria percebido, segundo o pai, que os demais candidatos haviam pago. “Em seguida, no momento da prova da minha filha, o fiscal Antônio Antunes Coimbra sequer olhou o que ela fazia, retirou os pontos, alegando que não teria colocado a seta. Confirmei que este fato não aconteceu ao falar ao telefone com o seu instrutor", escreveu Cunha.

A sindicância contra Tunico foi instaurada no mesmo dia e levou apenas um mês, segundo ele, até chegar ao resultado. O iaté a banca de exames. Jairo permaneceu no local, fechando a ficha. Dias depois, em depoimento, Jairo contou que Camilla recebeu o resultado aos prantos.

Na carta entregue ao então presidente do Detran, Sebastião Faria, seis dias depois, Eduardo Cunha apresentou outra versão. Afirmou que Camilla foi abordada antes do exame por um funcionário do posto do Detran/Fundão, que teria exigido R$ 400 para aprová-la. Ao se recusar, a jovem teria percebido, segundo o pai, que os demais candidatos haviam pago. “Em seguida, no momento da prova da minha filha, o fiscal Antônio Antunes Coimbra sequer olhou o que ela fazia, retirou os pontos, alegando que não teria colocado a seta. Confirmei que este fato não aconteceu ao falar ao telefone com o seu instrutor", escreveu Cunha.

A sindicância contra Tunico foi instaurada no mesmo dia e levou apenas um mês, segundo ele, até chegar ao resultado. O irmão de Zico disse que, como o Detran não recebeu provas da suposta tentativa de extorsão, puniu-o por insubordinação. Na sindicância, há relatos de confusão envolvendo Tunico no dia do exame de Camilla e uma denúncia anônima contra o examinador, datada de abril de 2008, na qual um suposto candidato diz ter pago propina ao funcionário.

— Reconheço: já bati boca com presidente de bancas examinadoras. Naquele ano mesmo, no Fundão, me insurgi contra a mudança no traçado da prova, que passou a ter um trecho na contramão. Mas, desonesto, jamais — defende-se.

Hoje aposentado, após trabalhar no Detran de 1973 a 2015, Tunico não se conforma com o desfecho do caso. Como os funcionários ganhavam gratificação por exame realizado, ele disse que sofreu um baque financeiro. Para Tunico, a maior prova a seu favor foi o arquivamento do caso da 37ª Delegacia Policial (Ilha do Governador). Como Camilla não apareceu para depor, o delegado Fabio Asty Dantas concluiu não haver justa causa para a abertura de inquérito policial.

— Fiz tudo o que podia. Minha família deu todo o apoio. Um dos meus irmãos, Edu, chegou a apelar a Sérgio Cabral. O governador prometeu para mim, num jogo beneficente no Maracanã, que tomaria providências. Mas nada aconteceu. Prevaleceu a palavra do Eduardo Cunha.

O processo, no momento, encontra-se com o Ministério Público. Procurado, o Detran-RJ confirmou a punição, mas não quis se manifestar. Sugeriu ouvir a Procuradoria Geral do Estado, que representa o órgão junto à Justiça.

Fonte: Extra



VAMOS FESTEJAR O DIA DE HOJE COM A BANDA XODÓ DE AMOR DE FORTALEZA COM A MUSICA "SEXTA FEIRA LOUCA" AUTOR DYEGUINHO SILVA. CRIAÇÃO E PRODUÇÃO WALDIR JUNIOR DE SALVADOR BA



Desafiado por Xuxa, Wesley Safadão aceita cortar cabelo; saiba mais

POR WALDIR JUNIOR DE SALVADOR/BA
FONTE : R7

O cantor Wesley safadão começou mudando o visual aos poucos. Quando era vocalista do Garota Safada, ele usava o cabelo longo e solto. Mas bastou ingressar na carreira solo para mudar a aparência. Hoje Safadão usa o cabelo preso, um pouco menor, e a cabeça raspada do lado, mas seus fios estão com os dias contados. 
A apresentadora Xuxa lançou um desafio e Safadão aceitou, mas revelou o apego às madeixas. "Não é que eu tenha medo. Eu tenho medo é da morte. Eu vou cortar ele. Este ano, talvez. Quem sabe um dia? Sei lá. Mas, lógico, o dia que eu cortar, eu vou fazer uma doação", disse ele.
Safadão usa cabelo longo desde criança e explicou o motivo. "Eu fui internado três vezes com pneumonia. Foi muito sério, muito complicado. E a promessa que a minha mãe fez foi deixar meu cabelo crescer. Minha mãe foi inteligente. Ela fez a promessa, mas quem pagou fui eu", brincou Wesley.
 


Miss Rondônia é "descoroada" no palco após erro em evento

POR WALDIR JUNIOR DE SALVADOR BAHIA
FONTE: G1 RONDÔNIA


Letícia teve coroa retirada logo após ser coroada por engano - Foto: Reprodução | Facebook

Letícia teve coroa retirada logo após ser coroada por engano

A representante da cidade de Ji-Paraná, Letícia Cappatto, foi coroada como Miss Rondônia Mundo, mas segundos depois perdeu a coroa. A organizadora do evento subiu ao palco e retirou a coroa de Letícia e passou para a representante de Cacoal, Karliany Barbosa.
A situação parece uma reprise do que aconteceu no Miss Universo, em dezembro de 2015, quando o apresentador do evento anunciou a candidata errada como vencedora após se atrapalhar. A situação virou piada nas redes sociais.
No Miss Rondônia, Letícia também teria sido coroada por engano. Na hora do anúncio, a apresentadora ainda disse que não iriam informar o nome da vencedora, iria apenas colocar a coroa. Mas logo depois de ser coroada, Letícia teve o acessório derrubado na sua cabeça e quando uma pessoa iria colocar de volta, uma pessoa anunciou que houve um erro.
A organizadora do evento, Gleice Leitte, disse que percebeu o erro e resolveu subir ao palco para corrigir a situação. Letícia não acreditou na versão e acha que houve fraude. Ela afirma que pediu recontagem dos votos, mas não foi atendida. Letícia diz que se sentiu humilhada ao ter a coroa retirada.


Letícia acha que houve fraude, pois pediu recontagem e não foi atendida (Foto: Reprodução | Facebook)


PF faz ação para apurar fraude no Minha Casa, Minha Vida

POR WALDIR JUNIOR DE SALVADOR/BA
FONTE: A TARDE


Esquema ilegal envolve construção de imóveis com subsídio do Minha Casa, Minha Vida - Foto: Mila Cordeiro l Ag. A TARDE
Esquema ilegal envolve construção de imóveis com subsídio do Minha Casa, Minha Vida
A Polícia Federal (PF) desencadeou a Operação Cabala nesta quinta-feira, 28, para investigar uma possível fraude contra a Caixa Econômica Federal (CEF) por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida. De acordo com a PF, construtoras, empregados do banco, contadores, servidores públicos e compradores estariam envolvidos no esquema. Estima-se que o grupo tenha lesado o banco em aproximadamente R$ 220 milhões.
A ação é realizada na Bahia, Alagoas, Pernambuco, Sergipe, Paraíba e Rio Grande do Norte. São cumpridos 27 mandados de busca e apreensão e 27 de sequestro de bens. Quarenta pessoas serão levadas para depor.
O esquema seria organizado por construtoras que atuam em Teotônio Vilela, em Alagoas. Eles teriam construído quase 2 mil casas no município, que foram vendidas utilizando o subsídio da Minha Casa, Minha Vida. De acordo com a PF, as empresas ofereciam dinheiro para que as pessoas comprassem os imóveis. Essa verba era incluída de forma indevida no valor venal dos imóveis.
Os compradores, que não teriam renda suficiente para conseguir os financiamentos, ainda receberam a promessa de ganhar entre R$ 1 mil e R$ 3 mil para a compra das casas.
O esquema ainda tinha envolvimento de empregados da Caixa, que liberavam o financiamento mesmo sem os compradores terem o perfil exigido para efetuar a compra.
Não há informações sobre a ligação da organização criminosa com a Bahia. Os investigados vão responder pelos crimes de quadrilha, falsidade ideológica, uso de documento falso, corrupção ativa, corrupção passiva e estelionato qualificado.

A Caixa informou, por meio de nota, que "a fraude foi identificada pelo próprio banco por meio de mecanismos de controle interno". A instituição financeira acionou a Polícia Federal para apurar o fato.


Prova do dolo é que o governo escondeu a manobra, diz Janaina Paschoal

POR WALDIR JUNIOR DE SALVADOR BAHIA.
FONTE: ESTADÃO

Advogada falou na Comissão do Impeachment durante uma hora - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom l Agência Brasil
Advogada falou na Comissão do Impeachment durante uma hora
Convidada para falar na Comissão Especial do Impeachment nesta quinta-feira, 28, a advogada Janaina Paschoal, que é uma das autoras do pedido de afastamento da presidente Dilma Rousseff, disse que o governo sabia que as pedaladas fiscais eram ilícitas e por isso as escondeu. "A prova do dolo é que o governo escondeu a manobra, porque sabia que era ilícita", disse.
O discurso de Janaina se arrastou por quase uma hora até que ela chegasse aos pormenores da denúncia acolhida pelo Congresso Nacional para afastar a presidente Dilma Rousseff. Ela falou sobre sua trajetória profissional, sobre seu estado de saúde, sobre e-mails que recebe da população e só ao final se dedicou às pedaladas fiscais.
Segundo ela, o governo tomou empréstimos em uma operação de crédito por antecipação, algo que afrontaria a Lei de Responsabilidade Fiscal. "Foi lesão ao orçamento e ao decoro. E ela é inocente?", questionou, já rouca.
Dispersão
O discurso de Janaina Paschoal foi interrompido várias vezes pela confusão no plenário, que muitas vezes riu de suas referências. Ela comentou que "não estava bêbada" no vídeo que circulou na internet, de uma fala sua no Largo São Francisco, e chorou ao exaltar a Constituição Federal. "Eu quero que as criancinhas, os brasileirinhos que estão me ouvindo, acreditem que vale a pena lutar por esse livro sagrado e que o PT não assinou".
Janaina foi questionada sobre cargos durante os governos dos tucanos Geraldo Alckmin e Fernando Henrique Cardoso, além de outras relações com o PSDB.
Ela extrapolou o tempo de resposta sem receber muita atenção dos demais senadores e, ao ser interrompida, pediu para continuar porque estava "defendendo a sua honra". Em resposta, senadores de diferentes siglas reagiram com um sonoro "aaah", em tom irônico de pena.

O clima na comissão é muito diferente do período de apresentação do jurista Miguel Reale Jr., coautor do processo. Sua fala foi ouvida sem interrupções e quando respondeu, brevemente, a algumas perguntas, ele também teve a fala respeitada.

Léo Santana comemora 28 anos com super festa de aniversário em Salvador; veja fotos.

por WALDIR JUNIOR DE SALVADOR/BA
FONTE:CORREIO


Léo Santana completou 28 anos no dia 22 de Abril, mas só conseguiu comemorar o aniversário na noite da última quarta-feira (27). O cantor reuniu amigos e familiares com uma super festa em uma casa de show no Rio Vermelho, em Salvador.
(Foto: Reprodução/Instagram)
Entre a lista de convidados estavam as cantoras Mari Antunes, da banda Babado Novo, Vina Calmon, do Cheiro de Amor, e Pipo e Rafa Marques, da Banda 8794, e a dançarina do 'Domingão do Faustão', Lorena Improta.
Com o tema 'Hollywood, Los Angeles', a festa teve apresentação da banda Torres da Lapa, ornamentação toda personalizada e até show de tequileiros. Veja algumas fotos da festa:

quinta-feira, 28 de abril de 2016

DUAS SEMANAS APÓS RITUAL DE MAGIA, CRIANÇA DE 10 ANOS DE IDADE MORRE NO HUT: Por Geovane Ramos: Teresina-Pi


Garota de 10 anos teria sido intoxicada durante ritual em Timon; polícia investiga o caso.




O Hospital de Urgência de Teresina confirmou a morte da menina de 10 anos, de iniciais F.A., que estava internada, em coma, desde que participou de um ritual de magia negra na zona rural de Timon (MA).

A falência múltipla dos órgãos, que levou a uma parada cardíaca, culminou no óbito às 9h30 desta quinta-feira (28/04).
A pequena chegou ao hospital no dia 14, com a cabeça raspada e diversas marcas de ferimentos em sinal de cruz pelo corpo. A menina teria sido intoxicada com uma espécie de lambedor (mistura de açúcar com ervas), cuja origem ainda é investigada pela polícia.
Ao depor no Conselho Tutelar, em Teresina, a mãe da criança afirmou que levou a filha ao ritual de magia para que a filha passasse por uma cerimônia de purificação. Ela chegou a negar que o líquido, que teria intoxicado a menina, foi dado por uma vizinha.
Fonte:180graus


CLIP DA MUSICA 200 POR SEGUNDO
AUTOR E INTERPRETE: SAULLO MORAIS
POR WALDIR JUNIOR DE SALVADOR/BA
SHOWS: (71)99662-0317 WhatsApp








'Cada corrupto que se dá bem é um moleque da minha quebrada assassinado', diz Criolo

POR WALDIR JUNIOR DE SALVADOR/BA
FONTE:  BBC Brasil em Londres

Para Criolo, ambiente de rancor no Brasil impulsionado pela crise política é "chuva de ódio" que fortalece racismo e homofobia
Nos labirintos da lendária casa de shows Koko, em Londres, Criolo aparenta cansaço ao chegar para a entrevista. Aquele domingo chuvoso era o quarto dia seguido de shows em uma rápida turnê pela Inglaterra.
O repórter teme uma conversa morna pela frente, mas a impressão logo se mostraria errada. Em papo com a BBC Brasil – e no palco em seguida –, o rapper e compositor expôs sua visão sobre a crise no país.
"O que acontece hoje é que algumas pessoas extremamente inteligentes têm em suas mãos um regimento e sabem mexer com esse regimento. Sabem cada espaço, cada fresta, e ali vão criando seu império. E são capazes de tudo para proteger seus interesses, até parar o país e fazer com que as pessoas se matem na rua", diz ele, em referência ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).
Batizado Kleber Cavalcante Gomes, filho de imigrantes nordestinos, Criolo, de 40 anos, é hoje um dos artistas da nova geração mais aclamados pela crítica no Brasil. Desde o álbum Nó na Orelha (2011), deixou o gueto do rap paulistano e multiplicou o alcance de sua música.
Nas redes sociais, houve quem apontasse hesitação do rapper para se manifestar sobre o momento político no Brasil. Também foi criticado na seara musical ao se associar a Ivete Sangalo em um projeto patrocinado por uma empresa de cosméticos. No bastidor da casa de shows, sozinho com o repórter, ele parece se dirigir a essas pessoas.
E ele se sente cobrado a opinar, no papel de artista? "Acho que não. Ninguém tem que ser cobrado de nada, tem que ser uma coisa natural de cada um. Não é porque uma pessoa não falou em palavra que não faz em ação."
No show em Londres, havia cartazes e coros de "fora Cunha" na plateia, de forte presença brasileira. Com pelo menos meia dúzia de turnês internacionais nos últimos cinco anos, Criolo diz que esse tipo de manifestação marcou esse atual giro pela Europa.
No palco em Londres: manifestações políticas na plateia e no palco marcaram turnê atual pela Inglaterra

"Chuva de ódio"

O compositor, que já foi descrito por Caetano Veloso como "possivelmente a figura mais importante na cena pop brasileira", também fala da "chuva de ódio" que vê hoje sobre o Brasil.
"É muito louco isso, porque foi criado um ambiente de ódio, de rancor, tão absurdo que as pessoas passam por cima e parece que não estão vendo uma construção de fortalecimento, que algumas pessoas sugerem, de homofobia, xenofobia, racismo, de achar normal esse abismo social que a gente vive."

Ainda há tempo

No Brasil, Kleber prepara shows de comemoração de dez anos de seu primeiro álbum, Ainda Há Tempo (2006), do período em que ainda era o "Criolo Doido" das rinhas de MCs da zona sul de São Paulo. Faixas do disco que aparecem no repertório do show parecem reforçar a mensagem do cantor sobre o momento atual.
"As pessoas não são más / Elas só estão perdidas / Ainda há tempo”, diz a faixa-título, que fecha o show. Na abertura, os versos de "É o Teste": "É o teste, é o teste, é a febre, é a glória / Não se corromper, para nós, já é vitória".
"De onde venho, essa mensagem é urgente todos os dias para quem não enxerga que tem gente vivendo nas bordas”, diz à BBC. “As leis estão sendo testadas."
Da esq. para a dir., a banda que acompanha Criolo na turnê pela Inglaterra: Guilherme Held (guitarra), Daniel Ganjaman (teclados e programação), Sérgio Machado (bateria), Marcelo Cabral (baixo).

Dentro de cela, menor suspeito de 11 mortes posta fotos em rede social

POR WALDIR JUNIOR DE SALVADOR/BA
FONTE: G1 PI

Um jovem de 17 anos apontado como autor de pelo menos 11 atos infracionais análogos homicídios em Teresina, postou fotos no seu perfil em uma rede social durante o final de semana de dentro do Centro Educacional Masculino (CEM), onde está internado há pouco mais de um mês. Em quatro imagens, o adolescente aparece com mais três amigos posando abraçados e dando ridadas.
Adolescentes aparecem em fotos dentro do CEM (Foto: Reprodução/Facebook)Suspeito de 11 mortes é o primeiro da esquerda
para a direita (Foto: Reprodução/Facebook)
Após tomarem conhecimento da imagens, que foram postadas no fim de semana, os educadores do Centro decidiram fazer uma vistoria surpresa nos alojamentos do CEM. De acordo com o capitão Ancelmo Portela, diretor da unidade, foram achados vários celulares e eles teriam sido jogados por cima do muro, que possui cinco metros de altura. “Assim que ficamos sabendo, nós fizemos uma apuração. Os adolescentes entregaram os aparelhos e depois falaram que os aparelhos chegaram pela área externa do CEM, sendo arremessados pelo muro”, contou.

Crimes atribuídos ao menor
O jovem de 17 anos, que publicou as fotos foi apreendido há pouco mais de um mês, é suspeito de ter participação na morte de José Wilson Teixeira, de 57 anos. A vítima, que era taxista e mexia no bagageiro do seu carro, no cruzamento das ruas Magalhães Filho com Álvaro Mendes, no Centro da capital, quando foi assaltado, tentou fugir mas foi alvejada por tiros e morreu no local.
Outra vítima atribuída ao adolescente é um vendedor de 27 anos que foi morto com pelo menos dois tiros no dia 22 de janeiro deste ano. De acordo com a Polícia Militar, a principal suspeita, é que a vítima tenha passado por um local no momento em que acontecia uma reunião de um grupo criminoso que age na região. Ele teria presenciado o encontro e acabou sendo morto.



Vereador é flagrado vendo pornografia durante sessão em Florianópolis
POR WALDIR JUNIOR DE SALVADOR/BA
FONTE: FACEBOOK

A foto de um vereador vendo um site pornográfico durante uma sessão da Câmara de Florianópolis (SC) revoltou internautas por todo país e foi compartilhada centenas de vezes até esta quarta-feira (27). 
Trata-se do vereador Lino Peres (PT). A assessoria do vereador afirma que a imagem foi usada em tentativa de "espetaculização" e que durante a sessão em questão Peres informou ao presidente da Casa que "uma imagem estranha de conteúdo sexual" havia surgido em seu computador. Ele chegou a perguntar se mais alguém havia identificado algum vírus em sua máquina. 
"Esse comportamento não condiz com o histórico do vereador Prof. Lino Peres, conhecido por séria e ilibada atuação em seu primeiro mandato na Câmara", diz o texto da assessoria. “O vereador não sabe como o site pornográfico apareceu em seu computador. Antieticamente, a foto divulgada não tem fonte e este tipo de atitude compromete a imagem institucional da Câmara Municipal de Florianópolis”, conclui a assessoria.
Pelas redes sociais, internautas criticaram o vereador. "Pagar R$15.000.00 (quinze mil reais) por mês + ajuda de gabinete + celular entre outras mordomias, para para brincar na Câmara? Acorda Floripa!!!", criticou um internauta. "É assim que é gasto o seu/meu/nosso dinheiro senhores eleitores!! Logo mais, em outubro, esses caras aí estarão pedindo seu voto pra continuar a promover essa pornografia que vemos todos os dias nas casas legislativas desse País!", escreveu outro.
(Foto: Reprodução/Facebook)

Chineses compram gigante do futebol europeu por R$ 2,7 bi
POR WALDIR JUNIOR DE SALVADOR/BA
FONTE "Corriere dello Sport"-ITÁLIA

O time do Milan, uma das principais equipes do futebol mundial, foi vendida para um grupo de empresários chineses. O ex-primeiro ministro da Itália e proprietário da equipe, Silvio Berlusconi, aceitou a proposta de € 700 milhões, cerca de R$ 2,7 bilhões, segundo informou o jornal "Corriere dello Sport". De acordo com a publicação, Berlusconi consultou os filhos antes de tomar a decisão.
Com gol brasileiro, Milan goleia a Inter de Milão pelo Italiano OLIVIER MORIN/AFP
(Foto: AFP)
Ainda segundo o "Corriere dello Sport", o grupo que adquiriu o rossonero é um "colosso" financeiro. A assinatura decisiva do contrato de compra deve ocorrer no mês de junho. Nesta quarta-feira (27), no entanto, os acionistas do clube já se reuniram para tratar do assunto. Apesar do acordo contemplar 100% das ações do clube, no primeiro momento os asiáticos ficarão com 70%, e os outros 30% serão adquiridos no período de um anos. 

O "Corriere dello Sport" citou ainda alguns nomes que participarão do consórcio. Entre eles está Robin Li, sexto homem mais rico da China, que é proprietário de empresas de e-commerce e energias renováveis. Outro nome divulgado é o de Jack Ma, que também atua no setor de  área de e-commerce.